Mercado de Boi Gordo

03 Jul 2020

Contratos futuros para o Boi Gordo finalizam a 6º feira com novas quedas na B3

As cotações futuras para o boi gordo operaram com volatilidade na sessão desta sexta-feira (03) na Bolsa Brasileira (B3).

As cotações futuras para o boi gordo operaram com volatilidade na sessão desta sexta-feira (03) na Bolsa Brasileira (B3). O vencimento Julho/20 registrou uma queda de 1,06% e está precificado a R$ 214,70/@. Já o contrato Agosto/20 está cotado a R$ 212,00/@ e com uma desvalorização de 0,52%, enquanto, o Outubro/20 teve um recuo de 0,87% e cotado a R$ 211,15/@.

No aplicativo da Agrobrazil, os participantes informaram novas altas para a arroba do boi que atende padrão exportação. O boi China foi negociado em São José do Rio Preto/SP a R$ 227,00/@, à prazo com oito dias para pagar e com data para abate em 15 de julho. Em Rancharia/SP, o boi china foi negociado a R$ 225,00/@, à vista com data para abater em 10 de julho.

O mercado físico continua de poucas novidades e de firmeza nos preços, conforme a Agrifatto destacou em seu acompanhamento de mercado. “As escalas avançaram pontualmente nas principais regiões do país, entretanto, o cenário ainda é de escassez de matéria-prima. Em São Paulo, as programações de abate encerraram a quinta-feira (02) com 5,0 dias úteis”, apontou.

Na região de Sales/SP, o valor negociado para o animal comum foi de R$ 223,00/@, à vista e com data para o abate em 06 de julho.  Já em Bandeirantes/MS, a arroba do animal com destino ao mercado interno foi comercializada a R$ 210,00/@, à vista e com data para abate em 09 de julho.

O Pecuarista e Proprietário do Boitel Chaparral, Sérgio Przepiorka, apontou que 70% da capacidade dos confinamentos estão preenchidas. “A procura tem aumentado por confinamento no segundo semestre, mas um fator que preocupa os pecuaristas é a falta de milho disponível no mercado interno”, afirma

Atacado

Com relação ao mercado do atacado, os negócios na praça paulista de carne bovina começa a reagir dada as expectativas de melhora de vendas da proteína no mercado interno com a entrada do mês, período sazonal de maior fluxo de saída de carne bovina.  “Apesar de estoques baixos e boa comercialização, os preços seguem estáveis com pressão de alta, mas ainda sem força. A carcaça casada bovina continua balizada em R$ 14,10/kg e o dianteiro em R$ 12,60-12,80/kg”, informou a Agrifatto.
 

Fonte:
Notícias Agrícolas

 

Mercado de Boi Gordo
Média diária exportada de carne bovina in natura registra alta de 43,50% na 1ª semana de agosto.

O volume embarcado alcançou 44,06 mil toneladas de carne bovina na 1ª semana de agosto, sendo que no ano passado o total exportado ficou em 135,1 mil toneladas.
10 Ago 2020
Boi: Contratos futuros terminam a semana com desvalorizações na Bolsa Brasileira
Em dia de realização de lucros, os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta sexta-feira (07) com desvalorizações na B3.
07 Ago 2020
Exportações totais de carne bovina crescem e se aproximam das 200 mil toneladas/mês
O mercado chinês é o grande responsável por este crescimento, mantendo seu apetite mês a mês: em junho, compraram 77.200 t. e em julho as aquisições subiram para 115.186 t.
07 Ago 2020
Com a demanda chinesa aquecida, arroba do boi registra aumento no Mato Grosso do Sul
04 Ago 2020
A cotação do boi gordo registrou um aumento de 44,92% e 46,93% de alta na arroba da vaca, quando comparado ao igual período de 2019.
Boi: Cotações futuras finalizam a sessão desta 2ª com ligeiros ganhos na B3
03 Ago 2020
As referências futuras para o boi gordo finalizaram a sessão desta segunda-feira (03) com valorizações na Bolsa Brasileira (B3)
Volume exportado de carne bovina in natura atinge 169,2 mil toneladas em julho
03 Ago 2020
A média diária exportada de carne bovina in natura ficou em 7,3 mil toneladas e teve um aumento de 27,07% se comparado com o ano anterior.
Boi: Mercado físico registra poucos negócios diante da dificuldade de originar animais terminados
31 Jul 2020
Os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão com valorizações na B3. O vencimento Julho/20 encerrou cotado a R$ 225,30/@ com um ganho de 0,36%
Exportações de carne suína batem recorde para um mês de julho, superando em 24,55% em 2019
27 Jul 2020
A exportação de carne suína brasileira está perto de bater novamente o recorde atingido em maio, com chance de chegar às 90 mil de toneladas.
Com a demanda chinesa aquecida, média diária exportada de carne bovina avança 11% em uma semana
20 Jul 2020
A terceira semana de julho teve bom desempenho de exportações de carne bovina in natura, na qual foi embarcado cerca de 95,3 mil toneladas.
Em 13 dias úteis, exportação de carne suína chega a 79% da receita e 86% do volume de julho/19
20 Jul 2020
Passados 13 dias úteis de julho, as exportações de carne suína brasileira dão sinais de que podem chegar às 90 mil toneladas embarcadas até o fim do mês.
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406