Mercado de Cafe

18 Mai 2020

Café tem dia tranquilo em NY e físico: Poucas movimentações, de olho na oferta e demanda;

A semana começou sem grandes variações para o mercado futuro do café arábica. A Bolsa de NY encerrou com altas entre 90 e 110 pts no exterior. CAFÉ NY JUL/20 0,90 107,75

A semana começou sem grandes variações para o mercado futuro do café arábica. A Bolsa de Nova York (ICE Future US) encerrou a segunda-feira (18) com altas entre 90 e 110 pontos no exterior. A Bolsa chegou acompanhar a queda do dólar no início na tarde, mas encerrou com valorização para os principais contratos de referência. 

Julho/20 registrou alta de 90 pontos, valendo 107,75 cents/lbp, setembro/20 registrou alta de 100 pontos, valendo 109 cents/lbp, dezembro/20 teve valorização de 110 pontos, valendo 110,85 cents/lbp e março/21 encerrou com valorização de 110 pontos, negociado por 112,65 cents/lbp. "Os preços do café nesta manhã estão um pouco mais altos, com o aumento do real brasileiro em relação ao dólar, que provocou uma baixa cobertura nos futuros de café", destacou o Barchart. 

Já no Brasil, o setor encara os problemas com a logísticas como superados, tendo em vista que os embarques dos últimos dois meses aconteceram sem maiores problemas, inclusive com aumento na exportação do café brasileiro - tanto no grão, como no café solúvel. 

 

 

Mercado interno 

Já no mercado físico brasileiro, as cotações operaram próximo da estabilidade nas principais praças produtoras do país. Segundo Eduardo Carvalhaes, em dias que a dólar e Bolsa operam em queda - como aconteceu em parte desta segunda-feira (18), a tendência é de que o mercado físico fique travado, sem grandes negociações. Vale lembrar que os estoques brasileiros já estão praticamente zerados e que tanto o mercado físico, como o mercado externo, aguardam a entrada da nova safra de café brasileiro. 

O tipo 6 duro teve queda de 1,63% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 602,00. Patrocínio/MG registrou baixa de 0,83%, valendo R$ 595,00. Espírito Santo do Pinhal/SP teve a baixa mais expressiva, com queda de 3,13%, valendo R$ 620,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 605,00. Araguarí/MG manteve o valor de R$ 620,00 e Varginha/MG também manteve a estabilidade por R$ 600,00.

O tipo 4/5 teve baixa de 1,63% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 605,00. Franca/SP teve baixa de 1,61%, negociado por R$ 610,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 610,00.

O tipo cereja descascado registrou queda de 1,53% em Guaxupé/MG, valendo R$ 645,00. Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,60%, negociado por R$ 666,00, em Patrocínio/MG a queda foi de 0,77%, negociado por R$ 645,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 630,00 e Campos Gerais/MG manteve o valor de R$ 660,00.

Fonte:
Notícias Agrícolas

 

Mercado de Cafe
Em semana com pouca variação, café finaliza com valorização em Nova York

A queda do dólar durante esta sexta-feira (5) ajudou a dar suporte aos preços técnicos, porém positivos no exterior. Café NY JUL/20 +0,75 98,90.
05 Jun 2020
Café finaliza com baixas em NY motivado pela retomada alta do dólar
Café NY Julho/20 encerrou com queda de 95 pontos, valendo 98,15 cents/lbp. Na BM&F Set/20 café fecha em baixa de -1,15 a 108,35;
04 Jun 2020
Café: As cotações domésticas do café arábica oscilaram fortemente em maio
No começo do mês, os valores foram impulsionados especialmente pela oferta restrita e pela elevação do dólar.
04 Jun 2020
Café NY fecha em alta de 90 pts, com queda do dólar dando suporte aos preços
03 Jun 2020
A queda do dólar também ajudou a dar suporte aos preços no exterior. Números da produção da Colômbia também chamaram atenção do mercado neste pregão; Café NY Jul/20 +0,90 99,10.
Produção colombiana de café cresce 6% em maio e exportação recua 15% no mesmo mês
03 Jun 2020
Dados divulgados pela Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia indicaram que a produção de café na Colômbia no mês de maio foi de 1,2 mi/scs de 60 kg, um aumento de 6% a mais do que no
Preços do café caem em maio, enquanto a volatilidade diminui
03 Jun 2020
Indicador composto da OIC diminuiu 4,1%, para uma média de 104,45 cents/lb em maio de 2020. Em Abr/20 as exportações mundiais atingiram 10,82 mi/scs, 3,1% inferior às 11,17 mi/scs exportadas em ab
Café: arábica oscila com forma em maio
03 Jun 2020
Cotações domésticas do café arábica oscilaram com força ao longo de maio, movimentos de queda estiveram atrelados às desvalorizações internacionais e do dólar e ao início efetivo da colheit
Café tem dia sem grandes variações e queda do dólar dá suporte aos preços em NY
02 Jun 2020
Café arábica finalizou a sessão desta 3ª feira com poucas movimentações na Bolsa de Nova York (ICE Future US); NY Julho/20 -0,10 98,20.
Exportações de café solúvel do Brasil mantêm crescimento apesar da pandemia de COVID-19
02 Jun 2020
De janeiro a abril de 2020, o Brasil exportou café solúvel para 87 países, o que gerou o embarque equivalente a 1,329 mi/scs de 60kg, volume 7,3% superior às exportações do mesmo período do ano
Café NY inicia Junho com valorização, reagindo a estimativa de safra do USDA
01 Jun 2020
Futuro do café arábica começa o mês de junho com valorização na Bolsa de NY (ICE Future US), o curto, Jul/20, fechou a 200pts a 98,30 cents/lb, reagindo aos números do USDA de 67,9 mi/sacas pre
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406