Mercado de Cafe

26 Mar 2020

Com dia de realização de lucros, NY tem baixas de mais de 400 pontos

Após seis sessões de altas consecutivas, o mercado futuro do café arábica encerrou com baixas de mais de 400 pontos nos principais contratos. CAFÉ NY MAI/20 -5,30 124,65

Após seis sessões de altas consecutivas, o mercado futuro do café arábica encerrou esta quinta-feira (26) com baixas de mais de 400 pontos nos principais contratos. O cenário, de acordo com analista, é de um dia de realização de lucros após tantas movimentações expressivas. 

Maio/20 teve queda de 530 pontos, negociado por 124,65 cents/lbp. Julho/20 teve queda de 480 pontos, valeendo 124,15 cents/lbp, setembrp/20 registrou queda de 435 pontos, negociado por 124,60 cents/lbp e dezembro/20 encerrou com desvalorização de 405 pontos, sendo negociado por 125,15 cents/lbp.

Apesar das quedas chamarem atenção, para o analista de mercado Haroldo Bonfá, da Pharos Consultoria, a falta de café no mercado pode fazer com que os preços continuem subindo nos próximos dias, apesar das incertezas por conta do Coronavírus. "Não há dúvidas que esse susto que os trabalhadores de Santos nos deram, impulsionou o mercado", comenta o analista se referindo ao pedido de paralisação dos trabalhadores no início desta semana. 

O consumo mundial também tem influenciado diretamente nos preços, nos útimos dias a Starbucks anunciou o fechamento de mais de 8 mil lojas. Já para o consumo interno, o analista acredita que o Brasil não sofrerá tantos impactos caso a situação seja resolvida o mais rápido possível. "Nós estamos bem abastecidos, o supermercado tem café e o pessoal está bem estocado. O consumo de café, além de suportar todas as manobras de café, as pessoas não podem ficar sem café", afirma o analista. 

 

No Brasil, o mercado interno que passou por um período de poucos negócios nos últimos meses, muito devido pelos preços abaixo do esperado pelo produtor, também aproveitou as últimas altas e os negócios voltaram a acontecer. Nesta quinta-feira (26), o mercado acompanhou o exterior e também encerrou com movimentações. 

O tipo 6 duro registrou queda de 1,68%, valendo R$ 585,00 em Guaxupé/MG. Poços de Caldas/MG registrou baixa de 1,69%, valendo R$ 580,00 e Patrocínio/MG encerrou com desvalorização de 0,85%, valendo R$ 585,00. Varginha/MG finalizou o pregão com alta de 3,33%, sendo negociado por R$ 620,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 1,56% em Guaxupé/MG, cotado por R$ 630,00. Poços de Caldas/MG encerrou com baixas de 1,49%, valendo R$ 660,00. Patrocínio/MG teve queda de 0,78%, negociado por R$ 635,00. Varginha/Mg encerrou com valorização de 6,35%, negociado por R$ 670,00. 

O tipo 4/5 teve queda de 1,67% em Poços de Caldas/MG, por R$ 590,00. Franca/SP encerrou com queda de 1,61%, valendo R$ 610,00. E Varginha/MG encerrou com valorização de 3,28%, valendo R$ 630,00. 

Fonte:
Notícias Agrícolas

 

Mercado de Cafe
Em semana com pouca variação, café finaliza com valorização em Nova York

A queda do dólar durante esta sexta-feira (5) ajudou a dar suporte aos preços técnicos, porém positivos no exterior. Café NY JUL/20 +0,75 98,90.
05 Jun 2020
Café finaliza com baixas em NY motivado pela retomada alta do dólar
Café NY Julho/20 encerrou com queda de 95 pontos, valendo 98,15 cents/lbp. Na BM&F Set/20 café fecha em baixa de -1,15 a 108,35;
04 Jun 2020
Café: As cotações domésticas do café arábica oscilaram fortemente em maio
No começo do mês, os valores foram impulsionados especialmente pela oferta restrita e pela elevação do dólar.
04 Jun 2020
Café NY fecha em alta de 90 pts, com queda do dólar dando suporte aos preços
03 Jun 2020
A queda do dólar também ajudou a dar suporte aos preços no exterior. Números da produção da Colômbia também chamaram atenção do mercado neste pregão; Café NY Jul/20 +0,90 99,10.
Produção colombiana de café cresce 6% em maio e exportação recua 15% no mesmo mês
03 Jun 2020
Dados divulgados pela Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia indicaram que a produção de café na Colômbia no mês de maio foi de 1,2 mi/scs de 60 kg, um aumento de 6% a mais do que no
Preços do café caem em maio, enquanto a volatilidade diminui
03 Jun 2020
Indicador composto da OIC diminuiu 4,1%, para uma média de 104,45 cents/lb em maio de 2020. Em Abr/20 as exportações mundiais atingiram 10,82 mi/scs, 3,1% inferior às 11,17 mi/scs exportadas em ab
Café: arábica oscila com forma em maio
03 Jun 2020
Cotações domésticas do café arábica oscilaram com força ao longo de maio, movimentos de queda estiveram atrelados às desvalorizações internacionais e do dólar e ao início efetivo da colheit
Café tem dia sem grandes variações e queda do dólar dá suporte aos preços em NY
02 Jun 2020
Café arábica finalizou a sessão desta 3ª feira com poucas movimentações na Bolsa de Nova York (ICE Future US); NY Julho/20 -0,10 98,20.
Exportações de café solúvel do Brasil mantêm crescimento apesar da pandemia de COVID-19
02 Jun 2020
De janeiro a abril de 2020, o Brasil exportou café solúvel para 87 países, o que gerou o embarque equivalente a 1,329 mi/scs de 60kg, volume 7,3% superior às exportações do mesmo período do ano
Café NY inicia Junho com valorização, reagindo a estimativa de safra do USDA
01 Jun 2020
Futuro do café arábica começa o mês de junho com valorização na Bolsa de NY (ICE Future US), o curto, Jul/20, fechou a 200pts a 98,30 cents/lb, reagindo aos números do USDA de 67,9 mi/sacas pre
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406