Mercado de Boi Gordo

07 Jan 2020

Cotações futuras para o boi gordo finalizam a 3ª feira com desvalorizações na B3

Nesta terça-feira (07), os vencimentos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão com ligeiros recuos na Bolsa Brasileira (B3).

Nesta terça-feira (07), os vencimentos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão com ligeiros recuos na Bolsa Brasileira (B3). Os principais contratos registraram desvalorizações por volta de 1,23% a 1,51%, sendo que o janeiro/20 terminou o dia cotado a R$ 196,50/@/@. Já o fevereiro/20 foi negociado a R$ 195,00/@ e o Março/20 encerrou precificado a R$ 192,15/@.

No mercado físico, o valor negociado para o boi gordo na localidade de São Félix do Xingu/PA foi de R$ 180,00/@, à vista e com data para o abate em 14 de janeiro. No aplicativo agrobrazil, os participantes informaram negócios na região de Auriflama/SP de R$ 203,00/@, à vista e com data para o abate em 15 de janeiro.

Por mais que a oferta de animais está restrita não tem espaço para altas expressivas da arroba, visto que o início do mês é marcado baixo consumo da população. No entanto, as cotações registraram aumento em algumas praças como no triângulo mineiro, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Exportação

A Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC) informou que as exportações totais de carne bovina in natura em 2019 alcançaram um novo recorde, tendo em vista que o volume embarcado somou 1,85 milhão de toneladas (incluindo o produto in natura e processado).

A consultoria Agrifatto aponta que o volume recorde exportado foi impulsionado pela a demanda chinesa, que teve seu rebanho comprometido pela a epidemia de peste suína africana. “O mercado chinês importou 7% de toda carne bovina brasileira, se tornando o principal destino desta proteína. Foram importadas 494,08 mil toneladas (alta de 53,2% frente o volume importado em 2018)”, ressaltou a consultoria.

Atacado

O consumo de carne no começo de ano costuma ser impactado negativamente pelo elevado grau de comprometimento financeiro da população e, consequente, menor poder aquisitivo, momento este que exige maior cautela entre os frigoríficos. O aplicativo agrobrazil informou que os preços do boi casado no estado de São Paulo estão ao redor de R$ 13,50/kg e a vaca casada está precificada a R$ 12,25/kg.

Fonte: Notícias Agrícolas

 

Mercado de Boi Gordo
Média diária exportada de carne bovina in natura registra alta de 43,50% na 1ª semana de agosto.

O volume embarcado alcançou 44,06 mil toneladas de carne bovina na 1ª semana de agosto, sendo que no ano passado o total exportado ficou em 135,1 mil toneladas.
10 Ago 2020
Boi: Contratos futuros terminam a semana com desvalorizações na Bolsa Brasileira
Em dia de realização de lucros, os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta sexta-feira (07) com desvalorizações na B3.
07 Ago 2020
Exportações totais de carne bovina crescem e se aproximam das 200 mil toneladas/mês
O mercado chinês é o grande responsável por este crescimento, mantendo seu apetite mês a mês: em junho, compraram 77.200 t. e em julho as aquisições subiram para 115.186 t.
07 Ago 2020
Com a demanda chinesa aquecida, arroba do boi registra aumento no Mato Grosso do Sul
04 Ago 2020
A cotação do boi gordo registrou um aumento de 44,92% e 46,93% de alta na arroba da vaca, quando comparado ao igual período de 2019.
Boi: Cotações futuras finalizam a sessão desta 2ª com ligeiros ganhos na B3
03 Ago 2020
As referências futuras para o boi gordo finalizaram a sessão desta segunda-feira (03) com valorizações na Bolsa Brasileira (B3)
Volume exportado de carne bovina in natura atinge 169,2 mil toneladas em julho
03 Ago 2020
A média diária exportada de carne bovina in natura ficou em 7,3 mil toneladas e teve um aumento de 27,07% se comparado com o ano anterior.
Boi: Mercado físico registra poucos negócios diante da dificuldade de originar animais terminados
31 Jul 2020
Os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão com valorizações na B3. O vencimento Julho/20 encerrou cotado a R$ 225,30/@ com um ganho de 0,36%
Exportações de carne suína batem recorde para um mês de julho, superando em 24,55% em 2019
27 Jul 2020
A exportação de carne suína brasileira está perto de bater novamente o recorde atingido em maio, com chance de chegar às 90 mil de toneladas.
Com a demanda chinesa aquecida, média diária exportada de carne bovina avança 11% em uma semana
20 Jul 2020
A terceira semana de julho teve bom desempenho de exportações de carne bovina in natura, na qual foi embarcado cerca de 95,3 mil toneladas.
Em 13 dias úteis, exportação de carne suína chega a 79% da receita e 86% do volume de julho/19
20 Jul 2020
Passados 13 dias úteis de julho, as exportações de carne suína brasileira dão sinais de que podem chegar às 90 mil toneladas embarcadas até o fim do mês.
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406