Mercado de Cafe

31 Out 2019

Café: Bolsa de NY encerra sessão desta 5ª feira com altas de até 265 pontos

Café estendeu ganhos e encerrou a sessão com valorização de até 265 pontos na Bolsa de Nova York. CAFÉ NY DEZ/19 +2,60 101,95

Após iniciar o dia com leves altas, o mercado futuro do café estendeu ganhos encerrou a sessão desta quinta-feira (31) com valorização de até 265 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Após alguns dias de valores mais baixos, o contrato com vencimento em dezembro/19 voltou ao patamar de U$ 1 dólar/lbp, com alta de 260 pontos e finalizando o dia por 101,95 cents/lbp.

Março/20 teve elevação de 265 pontos e foi cotado a 105,40 cents/lbp, maio/20 também teve alta de 265 pontos, por 107,55 cents/lbp e julho/20 registrou alta de 255 pontos e finalizou o dia por 109,50 cents/lbp.

Além da Bolsa de NY ter registrado alta, o dólar também anotou uma variação significativa ante ao real. Por volta das 16h28 (horário de Brasília), o dólar registrava alta de 0,66% e era cotado a R$ 4,014 na venda. "Teoricamente quando sobe o dólar, cai a bolsa. Porque eles fazem essa arbitragem". Grandes operadores em NY acreditam que a cotação não ficará mais abaixo desses patamares e por isso a movimentação atípica. 

Mercado Interno 

As altas na Bolsa de Nova York também influenciam nos preços do mercado no Brasil. "Se a alta se mantiver, os preços em reais vão subir também. Pode ser que o mercado se movimente um pouco. Hoje mesmo os preços melhoraram aqui no físico, só que não o suficiente para elevar o volume de negócios", afirma o analista.

O tipo 6 duro registrou alta nas principais praças do país. O maior valor negociado foi em Guaxupé/MG, com variação de 2,33% e preço por R$ 440,00. Poços de Caldas/MG registrou a maior elevação, com 2,41% e preço por R$ 425,00. Em Espírito Santo do Pinhal a elevação foi de 2,38% com preço por R$ 430,00. Franca/SP teve alta de 1,16% e finalizou o dia por R$ 435,00. 

O tipo cereja descascado registrou a maior alta em Varginha/MG, com 6,67% e preço por R$ 480,00. O maior valor de negociação foi registrado em Guaxupé/MG, por R$ 489,00 e alta de 1,88%. 

O tipo 4/5 registrou alta em todas as praças do país. Em Varginha/MG a alta foi de 2,33% e preço estabelecido por R$ 44,00. Poços de Caldas/MG registrou aumento de 0,71% e foi cotado a R$ 435,00. Em Franca/SP foi registrada a maior negociação por R$ 445,00 e alta de 1,14%. 

Na quarta-feira (30), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 424,07 com alta de 0,59%.
 

Fonte: Notícias Agrícolas

 

Mercado de Cafe
Pressão do USDA se mantém e café finaliza com baixas de mais de 300 pontos em NY

Mercado futuro do café arábica despencaram no pregão desta quinta-feira (28) depois que os números do USDA indicaram uma safra recorde de 67,9 milhões de sacas para 2020/21.
28 Mai 2020
Café: Vendas antecipadas da safra atual superam média dos últimos anos.
Os trabalhos da safra 20/21 de café ainda começam a ganhar intensidade nas principais regiões produtoras do Brasil, 35% ou mais da safra já foi comercializada.
28 Mai 2020
Café finaliza com baixas, sentido a pressão da nova safra e ainda de olho no clima em MG
Café arábica encerrou com desvalorização de mais de 200 pts nos principais contratos. As quedas foram motivadas pela entrada da nova safra no mercado.
27 Mai 2020
Café finaliza pregão com altas e com mercado de olho nas previsões de geadas para esta madrugada
26 Mai 2020
A terça-feira finalizou com altas para os principais contratos na Bolsa de NY com queda para o dólar e um momento que o mercado acompanha as condições climáticas no sul de MG.
Café: Sem NY e Londres, mercado físico tem pregão tranquilo em dia de queda para o dólar
25 Mai 2020
Sem as referências das Bolsa de Nova York e Bolsa de Londres, o mercado físico brasileiro iniciou a semana sem grandes variações nesta segunda-feira (25).
Café finaliza a semana sem grandes variações: De olho na colheita, clima e Coronavírus
22 Mai 2020
O café termina a sessão desta sexta-feira (22) sem grandes movimentações na Bolsa de Nova York (ICE Future US). CAFÉ NY JUL/20 -1,15 103,60
Cafeicultura gera emprego e renda, apesar da pandemia
22 Mai 2020
A colheita do café, iniciada nas últimas semanas, emprega milhares de pessoas. E, neste ano, terá importância socioeconômica ainda maior para o país.
Pregão do café e termina sem grandes variações e com baixas técnicas de até 90 pts em NY
21 Mai 2020
O mercado físico brasileiro acompanhou o exterior e encerrou o pregão também com baixas nas principais praças. CAFÉ NY JUL/20 -0,90 104,75
Dólar engata 2ª sessão seguida de firme queda com foco em cenário local
21 Mai 2020
O dólar teve mais um dia de forte queda nesta quinta-feira, renovando mínimas desde o começo do mês num pregão de evidente fraqueza da moeda norte-americana.
Café tem dia de quedas, mas valorização do real minimiza perdas nos principais contratos
20 Mai 2020
O mercado futuro do café arábica finaliza a quarta-feira (20) com baixas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). CAFÉ NY JUL/20 -1,40 105,65
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406