Mercado de Grãos

26 Jul 2022

Milho fecha em valorização na B3 nesta terça-feira, 26

As principais cotações subiram ao redor dos 4% e voltaram a encostar nos R$ 90,00 para os contratos de 2022 e superando os R$ 92,00 para 2023.

O vencimento setembro/22 foi cotado à R$ 87,49 com valorização de 4,28%, o novembro/22 valeu R$ 89,82 com alta de 4,07%, o janeiro/23 foi negociado por R$ 92,09 com ganho de 4,12% e o março/23 teve valor de R$ 93,11 com elevação de 3,74%. 

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, esse foi um dia de alta na B3 mesmo quando estamos no pico da colheita da safrinha, com 70% das lavouras já finalizadas. 

“O mercado comprador quer milho e o pessoal já está se movimentando. A partir de setembro devemos começar a encaminhar milho para a China e a safra americana será 20 milhões de toneladas a menos, o que fará falta no mercado internacional, além da Ucrânia que também vai perder 20 milhões”, pontua Brandalizze. 

No mercado físico brasileiro, o preço da saca de milho também teve uma terça-feira altista. O levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas não encontrou desvalorização em nenhuma das praças, mas percebeu valorizações em Ubiratã/PR, Cascavel/PR, Marechal Cândido Rondon/PR, Pato Branco/PR, Palma Sola/SC, Eldorado/MS, Amambai/MS e Porto de Santos/SP. 

De acordo com a análise diária da Agrifatto Consultoria, “no mercado físico de milho a semana iniciou com baixo volume de negócios e a saca foi comercializada na média de R$ 80,00/sc em Campinas/SP”. 

Mercado Externo 

A Bolsa de Chicago (CBOT) também teve uma terça-feira altista para os preços internacionais do milho futuro. 

O vencimento setembro/22 foi cotado à US$ 5,97 com valorização de 17,00 pontos, o dezembro/22 valeu US$ 6,00 com ganho de 17,00 pontos, o março/23 foi negociado por US$ 6,07 com alta de 16,75 pontos e o maio/23 teve valor de US$ 6,11 com elevação de 16,50 pontos. 

Esses índices representaram valorizações, com relação ao fechamento da última segunda-feira (25), de 2,93% para o setembro/22, de 2,92% para o dezembro/22, de 2,88% para o março/23 e de 2,69% para o maio/23. 

Segundo informações da Agência Reuters, os preços futuros do milho em Chicago subiram nesta terça-feira, com condições quentes e secas ameaçando as safras norte-americanas. 

As classificações semanais de condição do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para milho, soja e trigo de primavera na segunda-feira caíram mais do que a maioria dos analistas esperavam, enquanto as previsões futuras apontam para um calor mais sufocante no meio-oeste e nas planícies dos EUA. 

“Temos uma previsão do tempo desconcertante para a próxima semana. Algum calor extremo chegando ao Centro-Oeste. Se começarmos o mês de agosto com esse tipo de calor, o mercado está se acumulando em algum clima premium”, disse Brian Basting, analista de pesquisa de commodities da Advance Trading. 

A publicação ainda destaca que, o clima quente e seco durante a polinização crucial do milho e o desenvolvimento da vagem da soja provavelmente fornecerá mais impulso de alta aos mercados. 

Fonte:
 Notícias Agrícolas

 

Mercado de Grãos
Brasil pode ter exportação de milho recorde em agosto, aponta Anec

Exportação de milho do Brasil em agosto foi estimada nesta 3ª feira em até 7,88 mi tons, o que seria um recorde para todos os meses, uma vez que o Brasil escoa uma safra histórica em meio à fort
09 Ago 2022
Abiove reavalia safra de soja do Brasil; vê produção de farelo e óleo em recorde
País deve produzir 37,2 mi tons de farelo em 2022, 200 mil a mais ante projeção do mês anterior, e 9,85 mi de óleo, aumento de 50 mil tons em relação à última estimativa.
09 Ago 2022
Soja/Cepea: Com menor procura e frete rodoviário elevado, valores caem no BR
Menor demanda externa e a cautela dos compradores domésticos, devido ao elevado frete rodoviário, pressionaram as cotações do complexo soja no Brasil nos últimos dias.
08 Ago 2022
Datagro sinaliza 16º avanço consecutivo na área de soja do Brasil na safra 2022/23
05 Ago 2022
Produção potencial de 151,82 mi tons e área passando de 41,79 mi de hectares na temporada 2021/22 para 43,02 mi de hectares 2022/23, aumento de 3%.
USDA: Vendas semanais de soja, derivados e milho dos EUA ficam dentro das expectativas
04 Ago 2022
Semana encerrada em 28/JUL, vendas semanais de soja 21/22 vieram negativas em 11 mil tons, dentro do intervalo esperado; Milho, as vendas semanais somam 57,9 mil tons da safra velha, mercado esperava
Mesmo com área recorde, produção de soja na América do Sul cai 9% na safra 2021/22
02 Ago 2022
Segundo DATAGRO, potencial de produção do continente é apontado em 181,54 milhões de toneladas.
Imea mantém safra de milho do Mato Grosso em 39,16 milhões de toneladas
02 Ago 2022
Com 97,95% das suas lavouras de milho desta 2ª safra de 2022 já colhidas no Mato Grosso, o Imea manteve suas estimativas de área cultivada, produtividade e produção.
USDA: Embarques semanais de soja, milho e trigo dos EUA ficam dentro do esperado
01 Ago 2022
Na semana encerrada em 28/07, país embarcou 856,938 mil tons de milho, contra projeções de 550 mil a 1,150 mi tons. De soja, embarques foram de 555,083 mil tons, enquanto expectativas variavam de 3
Milho/Cepea: Preços voltam a subir
01 Ago 2022
Aumento está atrelado às recentes altas do mercado internacional, à maior demanda externa pelo cereal brasileiro e aos baixos estoques de compradores domésticos.
Soja/Cepea: Com alta externa, Indicadores avançam
01 Ago 2022
Os preços da soja subiram no mercado doméstico, diante das altas internacionais; Indicadores subiram mais de 5% nessa sexta-feira (29).
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406