Macroeconomia

10 Jun 2021

Dólar tem leve queda ante real após dados de inflação dos EUA

Dólar fecha queda, mesmo após a divulgação de dados norte-americanos de inflação mais altos do que o esperado, enquanto continua a perspectiva de aumento de juros no Brasil.

O dólar teve leve queda contra o real nesta quinta-feira, mesmo após a divulgação de dados norte-americanos de inflação mais altos do que o esperado, enquanto a perspectiva de aumento de juros no Brasil continuava sob os holofotes.

O dólar à vista cedeu 0,07% contra o real, a 5,0669 reais na venda. No decorrer do pregão, a moeda chegou a tocar 5,0329 reais na mínima, queda de 0,74%, e 5,0930 na máxima, alta de 0,45%.

Na B3, o dólar futuro de maior liquidez ganhava 0,14%, a 5,0800 reais.

O grande "driver" dos mercados nesta quinta-feira foi um relatório do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos divulgado pela manhã. Os dados mostraram que o índice de preços ao consumidor norte-americano subiu 0,6% no mês passado, após alta de 0,8% em abril, que havia sido a maior taxa desde junho de 2009.

Nos 12 meses até maio, o índice acelerou a 5,0%, maior alta anual desde agosto de 2008, que veio após ganho de 4,2% em abril. Economistas esperavam alta do índice de 0,4% em maio e de 4,7% em 12 meses.

Embora alguns funcionários do banco central norte-americano já tenham começado a reconhecer que estão mais próximos de um debate sobre quando retirar parte de seu estímulo, várias autoridades afirmaram repetidas vezes que enxergam as pressões inflacionárias como temporárias, o que justificaria a manutenção de seu estímulo à economia.

Na quarta-feira que vem, tanto o Federal Reserve quanto o Banco Central do Brasil encerram seus encontros de política monetária de dois dias.

Por aqui, a expectativa é de elevação da taxa Selic a 4,25% ao ano, ante patamar atual de 3,5%.

Na segunda-feira, a pesquisa Focus do Banco Central mostrou que o mercado elevou com força a expectativa de crescimento econômico do Brasil em 2021 depois de dados melhores do que o esperado sobre a atividade divulgados na semana passada.

Até agora em 2021, o dólar acumula queda de aproximadamente 2,4% contra o real.

Fonte:
 Reuters

 

Macroeconomia
Dólar recua 0,61% e fecha a R$ 5,04 enquanto mercado aguarda Copom

O dólar recuou frente ao real, com toda a atenção dos participantes do mercado voltada para as decisões de política monetária do Brasil e dos EUA, que serão anunciadas na quarta-feira.
Hoje
Ibovespa fecha com variação discreta antes de pregão com Fed, Copom e vencimentos
O Ibovespa fechou com uma variação discreta nesta terça-feira, com agentes financeiros na expectativa dos desfechos das reuniões do Fed nos EUA e do Banco Central no Brasil.
Hoje
Ibovespa fecha em alta em meio a confiança sobre recuperação econômica
O Ibovespa fechou em alta superando os 131 mil pts no melhor momento, em meio a noticiário positivo sobre recuperação da atividade econômica.
14 Jun 2021
Ibovespa fecha em baixa de 0,5% e recua na semana
11 Jun 2021
O Ibovespa fechou em queda, com as ações de bancos entre as maiores pressões de baixa e acumulou a primeira semana negativa desde meados de maio.
Dólar fecha em alta de 1,06% contra real
11 Jun 2021
O dólar fecha em alta, encerrando a semana com ganhos antes das decisões de política monetária do Fed e do BC do Brasil, que serão anunciadas na próxima quarta-feira.
Ibovespa patina para manter 130 mil pontos
10 Jun 2021
O Ibovespa encontrava dificuldade para se sustentar acima dos 130 mil pts e encerra com leve alta.
Dólar fecha em alta de 0,70%.
09 Jun 2021
O dólar fechou em alta, enquanto os investidores continuavam à espera de dados norte-americanos e de decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos.
Ibovespa fecha com alta discreta apoiado em ações de commodities
09 Jun 2021
O Ibovespa fechou com acréscimo discreto, apoiado no avanço de ações de empresas de commodities, na esteira da melhora dos preços do minério de ferro na China.
Dólar fecha perto da estabilidade em meio a expectativas sobre política monetária
08 Jun 2021
O dólar voltou a fechar perto da estabilidade, em sessão marcada por expectativas sobre decisões de política monetária do Fed e do BC do Brasil.
Ibovespa fecha em alta pelo 8º pregão e renova máximas com impulso de bancos
07 Jun 2021
O Ibovespa engatou a oitava alta seguida nesta segunda-feira, na maior série de ganhos desde 2018, renovando máximas e superando os 131 mil pts pela 1ª vez.
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406